Museu de Arte de Londrina

Referência de estilo arquitetônico no Brasil, projetado pelo arquiteto Vilanova Artigas, o prédio teve suas instalações tombadas pelo Departamento do Patrimônio Histórico e Artístico, como primeiro prédio público da arquitetura moderna do Estado do Paraná.

lg-62a0fb2d-e4fa-4b0a-a09a-8cbba61ca6f7
Em 1988 o terminal rodoviário foi desativado e o local passou por uma grande reforma para abrigar o Museu de Arte de Londrina. A inauguração do Museu aconteceu em 12 de maio de 1993 e teve como principal atração a escultura “A Eterna Primavera”, de Auguste Rodin.

Atualmente o Museu conta com um acervo compostos por cerca de 700 obras, entre gravuras, esculturas e telas, guardado na reserva técnica. Grupos, como de escolas e universidades, previamente agendados podem ser recebidos no período da manhã, a partir das 9h30. As visitas devem ser agendadas pelo telefone 3337-6238 ou e-mail museu@londrina.pr.gov. A entrada é gratuita.

Texto: Dayane Albuquerque – Foto Luis Jacob

Fonte: http://www.londrina.pr.gov.br

Educação nível superior em Londrina

A qualidade na educação é um desafio diário na cidade de Londrina. Com um número expressivo de universidades e faculdades públicas de renome internacional e prósperas do setor privado, consegue unir qualidade nos programas de estudo e pesquisa.

Imagem-UEL-02

Londrina reúne neste quadro um seleto grupo de professores e profissionais com experiência acadêmica e cargos em importantes empresas e instituições. Reúne estudantes provenientes de outros estados, atraídos pela excelência e pelas oportunidades de emprego na própria região. Londrina é o lugar ideal para quem deseja estudar e desenvolver pesquisas.

02 universidades públicas: Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Universidade Tecnológica Federal do Paraná. 01 Instituto Federal e 12 Universidades e Faculdades Privadas. São 745 mestres e doutores formados por ano.

Fonte: Londrina Terra de Riquezas III – Radio CBN Londrina

Desenvolvimento humano em Londrina

A segunda maior cidade do Paraná e a sexta entre os municípios do Estado no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), aponta média de vida de londrinense de 75 anos, estimativa acima da média nacional, que é de 73 anos.

igapo2

O IDH do município é de 0,778 – o que representa um crescimento de 62 pontos em dez anos e faz a cidade ser considerada de alto desenvolvimento. Tem uma economia forte e com reflexo positivo na qualidade e expectativa de vida dos seus munícipes.

O número de idosos no Brasil é de 17% da população; são 24 milhões de pessoas com mais de 61 anos. A expectativa de vida atual do brasileiro é de 74,9 anos. Em Londrina esse número é de 12,72%, média maior que a nacional, são 66 mil pessoas com 60 anos ou mais. Mais tempo de vida, com mais qualidade.

Taxa de mortalidade infantil a cada mil nascidos vivos é de 6,96% em Londrina. Enquanto a taxa de natalidade é de 12,67%.

Fonte: Londrina Terra de Riquezas III – Rádio CBN Londrina.

O desafio da criatividade

A cada evento, surge um novo desafio: como criar elementos de diferenciação? Eu gosto muito de valorizar a cultura regional. Aprecio demais arte e cultura e utilizo dessas informações para vencer os desafios.

CAFE

Em Londrina e região, nós temos por exemplo, a Rota do Café. Uma oportunidade de conferir de perto o resgate da cultura e da identidade da nossa cidade, que é destaque mundial na produção da deliciosa bebida, além de costumes e as características de nossa gente. A Rota do Café tem um “cardápio” de atrações totalmente ligados a temática do café. Pontos turísticos da Rota do Café podem ser locais para a realização do evento e surpreender os convidados.

Quando estou com um projeto fora de Londrina, faço uma pesquisa da região e vejo o que posso aproveitar para agregar no conceito do projeto. Desenvolver projetos com criatividade é ser desafiada a inovação em todo o tempo.

Foto: Juliana Inácio para Excelência em Eventos.

Londrina em desenvolvimento

Localizada no Norte do estado do Paraná, Londrina exerce grande influência por ser um importante polo de desenvolvimento regional e nacional.

img_1_3_3110

Considerada uma grande cidade, com população de mais de 550.000 habitantes e sede de uma região metropolitana com aproximadamente um milhão de habitantes, centro regional de comércio, serviços e agroindústrias. O município ~e um dos quatro mais importantes da região Sul.

Área1.656.606 km2

População558.701 (estimativa IBGE 2017)

PIB – R$ 17.647 bilhões (representa 66,1% do PIB da microregião – Cambé, Ibiporã, Pitangueiras, Rolândia e Tamarana – sendo que o total dessa região é R$ 8,1 bi.)

PIB PER CAPITA – R$ 31.890 mil reais (IBGE 2016)

50,05% das pessoas são economicamente ativas.

O município permanece na 18ª colocação no ranking de cidades com mais de 500 mil habitantes, com exceção das capitais. Neste ranking, assim como no ano passado, Londrina permanece atrás de Joinville (SC) e Juiz de Fora (MG).

Fonte: Londrina Terra de Riquezas III – Rádio CBN Londrina e Folha de Londrina – Foto: Sérgio Ranalli