Parabéns, Londrina! Feliz cidade de braços abertos

Hoje é o aniversário de Londrina, que completa 84 anos.

Todo mundo conhece nossa cidade, localizada no norte do Paraná.  Breves e importantes informações a quem não teve o privilégio – ainda – de conhecer Londrina.

post niver londrina

Fomos colonizados por ingleses, no início da década de 1920. Sob comando de Lord Lovat, o desbravamento da região se deu através da Companhia de Terras Norte do Paraná, subsidiária da firma inglesa Paraná Plantations Ltda.

Os ingleses encontraram muita semelhança entre a neblina daqui com a cidade de Londres. Daí o nome:  Londrina. Ou Pequena Londres. Carinhoso tratamento dado ao segundo maior município paranaense, cuja população é estimada em 563.943 mil pessoas. Dados divulgados, em julho de 2018, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Londrina só faz crescer. Percentuais, estimativas, estatísticas, índices, enfim, revelam a importância dos municípios como polo urbano, econômico, administrativo, educacional e cultural. Somos referências em vários segmentos. No Brasil e até mesmo no exterior.

Dados oficiais não nos traduzem completamente. Nós, londrinenses, de nascença ou agregados – isso não faz diferença nenhuma – somos cosmopolitas e interioranos, tudo junto e misturado.

Temos o “erre” acentuado, temos os pés vermelhos, temos abraços abertos como diz o Hino de Londrina. Temos “orrrgulho” do que somos. Ah, sim: vivemos na melhor cidade da América do Sul. Não duvide.

Feliz aniversário, Londrina.

Abraço carinhoso,

Equipe Adriana Pontin Excelência Mkt & Eventos

Segunda-feira, 10 de dezembro de 2018.

Especial de Natal da M.Couture tem Pocket Show com Ivo Pessoa

Na próxima terça-feira (11), o talento londrinense Ivo Pessoa estará presente na M. Couture para um pocket show apresentando entre várias canções, uma composição própria para Especial de Natal.

ivo pessoa blog

Ivo Pessoa além de compositor e cantor premiado internacionalmente, é interprete de muitas canções. Ficou famoso com a gravação da canção “Uma vez mais” na trilha da novela Alma Gêmea, de Walcyr Carrasco e tocou em várias rádios. A canção “Além do olhar” foi tema de abertura do remake de O Profeta, que também fez muito sucesso.

Além do renomado artista Ivo Pessoa, a M. Couture oferece à suas clientes e convidadas uma aula-show ministrada pela confeiteira Ju Jabur, semifinalista do Bake Off Brasil, reality show gastronômico exibido em 2016. Além de ensinar a receita, a chef vai ensinar a montar e a decorar a Gingerbread House.  Haverá também degustação.

Uma das tradições natalinas norte-americanas mais famosas: Gingerbread House (ou Casa de Biscoito de Gengibre) é totalmente comestível. As bases da casinha são feitas com biscoito de gengibre com textura de pão. Na montagem, entre outros ingredientes, é utilizado glacê real. As vagas para o evento são limitadas. As inscrições gratuitas devem ser feitas através do telefone (43) 3029.7777

Origem italiana, francesa ou russa?

Nascido na Itália, importado para a França e consagrado na Rússia, o Ballet Clássico, que nasceu no fim do século XV, é disseminado na década de 60 com o Bolshoi de Moscou.

0208_bolshoi-3

No fim do século XV, exatamente na cerimônia de casamento do Duque de Milão com Isabel de Ararão na Itália origina-se o ballet. Logo depois, esta arte também floresceu na França, em outra festa nupcial, desta vez celebrando a união entre Catarina de Médicis e Henrique II, em 1533. Neste momento, vários espetáculos foram importados dos italianos.

A experiência foi tão marcante para a rainha que, em 1581, ela criou o Ballet Cômico da Rainha, para uma nova aliança matrimonial, a de sua irmã. A partir de então, a França tornou-se o cenário ideal para o florescer desta dança. Neste país, em 1661, instituiu-se a Academia Real de Dança e, em 1713, foi inaugurada a Escola de Dança da Ópera. O Balé revestiu-se de uma aura nobre, uma vez que até mesmo o Rei Luiz XIV, em sua infância, chegou a cursar aulas desta dança clássica, exibindo-se diante da Corte ao completar 12 anos. Algum tempo depois, o monarca criou a Académie de Musique et de Danse, eliminada em 1780.

A partir de 1830, teve início a fase do balé romântico, com espetáculos como Giselle. Quando esta era entrou em declínio, o pólo de criação deslocou-se de Paris para São Petersburgo, na Rússia. Foi um russo, Serge Diaghilev, que inaugurou o período do balé moderno, com uma companhia própria. Neste cenário apareceram artistas que se tornariam famosos, como Pavlova, Nijinsky, entre outros. Era o impulso inicial para a geração da Escola Russa de Balé, que se disseminaria principalmente pelos EUA e pela Inglaterra.

Foto: internet referência Bolshoi – Fonte: http://www.infoescola.com.br

Em Londrina você pode aprender essa delicada arte na Maison Royalle Escola de Ballet e Artes –  para mais informações: 43 3301 5851 – Rua Santa Catarina, 50 Tower Shopping sala 40 L3 – com a bailarina Cristiane Trevisan.

Estádio em formato de ferradura

Construído às pressas para o Londrina Esporte Clube – LEC entrar no grupo de elite do futebol brasileiro, o Estádio do Café está localizado a 4 km do centro da cidade, na região norte, ao lado do Autódromo Internacional Ayrton Senna.

estadio

O Estádio Municipal Jacy Scaff, mais conhecido como Estádio do Café, é um dos maiores do interior do país, com capacidade para 34 mil pessoas. O estádio foi construído em formato de ferradura, possibilitando uma vista panorâmica do centro de Londrina. Ao longo da história, foi palco de duelos memoráveis entre grandes equipes do futebol brasileiro.

Foi erguido durante a gestão do ex-prefeito José Richa e sua construção foi supervisionada pelo então secretário de obras e engenheiro Wilson Rodrigues Moreira. A inauguração do estádio foi no dia 22 de agosto de 1976 com o Londrina enfrentando o Flamengo de Zico e o resultado final foi 1 a 1 com gols de Paraná (para o Londrina) e Júnior (para o Flamengo).

O primeiro gol do estádio foi anotado por Paraná, do Londrina.

Fonte: Londrina Terra de Riquezas III – Radio CBN e Portal das Curiosidades.

Arte e Cultura Londrinense

Uma das marcas da Excelência Marketing & Eventos é valorizar a arte e cultura regional, que além de ser muito gratificante, auxilia no reconhecimento e divulgação de artistas locais. A 5a Exposição “Mulheres Vitoriosas” ofereceu para os participantes da abertura uma apresentação de Ballet Clássico com a bailarina Cristiane Trevisan da Maison Royale Escola de Ballet e Artes ao som de música ao vivo da maravilhosa cantora Cristina Soul. 

22

Cristina Soul e Cristiane Trevisan representam bem a mulher brasileira. A primeira, desde adolescente talentosíssima utiliza o dom de cantar como profissão. Com sua banda Cris Soul no estilo sertanejo, a cantora está com agenda concorrida para esse ano. Já a bailarina, divide seu conhecimento com crianças, adolescentes e adultas despertando a interpretação musical, técnica e de expressão através do Ballet Clássico na Maison Royalle Escola de Ballet e Artes.

Para contratar Cris Soul e Banda entre em contato 43 99993 4815

Agende uma aula e conheça mais o trabalho da Maison Royalle Escola de Ballet e Artes – 43 3301 5851 – Rua Santa Catarina, 50 Tower Shopping sala 40 L3.