Categoria: Devocional

Sabedoria x Conhecimento

“O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina.” Provérbios 1,7

Palavra-de-Sabedoria-de-Deus

Costumamos dizer que só os mais antigos possuem sabedoria. E devemos aproveitar a oportunidade e aprender com eles. Mas, Deus nos deixou um manual que ensina desde crianças, jovens e adultos a serem sábios: a Bíblia Sagrada. E o livro de Provérbios é bem específico com essa orientação, nos dando princípios para que possamos decidir sabiamente nossas atitudes.

O conhecimento (bom ou não) é adquirido por estudos, cursos e capacitações e está disponível a todos. Mas, a sabedoria é a maneira como usamos o conhecimento adquirido. E a disciplina é o justo proceder (viver de maneira correta de acordo com princípios bíblicos), aceitando correção quando necessário.

Os famosos Provérbios Bíblicos nos ajudam a colocar a teoria em prática e quanto mais praticamos nos tornamos capazes de enfrentar a vida com honestidade e coragem, de modo que os propósitos de Deus se cumpram em nós.

Literatura de sabedoria

Provérbios é o livro que debate as questões mais difíceis da vida procurando compreender os problemas existenciais do ponto de vista de Deus.

120-3º-Provérbios-de-Salomão

Sabedoria, inteligência e conhecimento são mencionados no livro escrito pelo Rei Salomão, considerado o homem mais sábio de todos (1 Reis 3,12). Pela inspiração do Espírito Santo de Deus, Salomão descreve dois tipos de pessoas: a sábia e a tola. Elas representam caminhos totalmente opostos e Deus nos dá a oportunidade de escolha.

Independente de religião, sabedoria é a maneira como usamos o conhecimento que adquirimos. Sem distinção de credo, o Livro de Provérbios nos dá orientações de como agir corretamente diante das situações da vida comum. Questões envolvendo moral, bom senso, correto proceder com todos e relacionamento com Deus.

Minha sugestão é de que você dedique diariamente um pouquinho do seu tempo para refletir acerca desses versículos que com aplicabilidade podem aperfeiçoar seu caráter.

Vem, Espírito Santo vem

Está escrito na Bíblia Sagrada em Romanos 8,14: “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus.”

espirito

Quando reconhecemos Jesus Cristo como nosso Salvador e Rei permitimos que o Espírito Santo habite em nós. Permitimos que Ele assuma o controle de nossas vidas e nos conduza pelos caminhos da verdade que foram traçados por Deus. Ele age como o confortador e consolador que o próprio Jesus nos prometeu que Ele seria. Ele é o nosso ajudador em todos os momentos e deseja ser nosso amigo íntimo. Por isso, dê espaço a Ele e deixe que Ele assuma o controle de sua vida.

O Espírito Santo confirma no nosso espírito que nos tornamos filhos de Deus, e por isso participaremos com Ele da Sua Glória porque Nele residem a bondade, a misericórdia, a caridade e o amor de Deus. No Espírito estão a graça e a providência de Deus; estão a ciência e os atributos de Deus; por isso mesmo Deus é Espírito segundo as palavras do apóstolo João, que diz: Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade” (Jo. 4:24).

Convido vocês a refletirem nessa linda canção escrita por meu amigo Benelli Junior e se entregarem totalmente à Graça Redentora de Jesus Cristo.

É MAIS FELIZ QUEM DÁ DO QUE AQUELE QUE RECEBE

Semeadura e Colheita, ou seja, um princípio bíblico que aparece de Gênesis à Apocalipse. E o que significa princípio biblíco? Referencial básico que se traduz em estilo de vida.

0102_semeadura_plantio_semente_soja

Eu começo perguntando se é básico, fácil traduzir esse estilo de vida que Jesus nos orientou: Quem dá é mais feliz… é fácil isso pra você? 

Temos escolha do que vamos semear e onde vamos semear. Mas, não temos escolha da colheita que vamos fazer. Resumindo, o Princípio da Semeadura é “Aquilo que o você semear, isso também vai colher.”

Princípio Bíblico ou referencial básico como estilo de vida tem 4 características marcantes: – válido em todo o tempo; válido em todo o lugar; válido para todas as pessoas; válido para todos os assuntos.

Então o melhor é buscar hábitos disciplinados de oração, leitura diária da Bíblia, caminhar com pessoas verdadeiras, estar junto com sua família se aproximando cada vez mais do caráter de Cristo Jesus. Ou seja, plantar sementes boas. São elas: amor, compreensão, perdão, bondade, consagração, jejum, oração, obediência, controle do seu dinheiro (gastar menos do que ganha, primiciar, dizimar, ofertar, economizar), gentileza… e por aí vai. Sementes boas!

Se plantarmos sementes boas, com certeza a colheita será excelente e aí sim, conseguiremos dizer que sim, é mais feliz quem dá do que aquele que recebe.

Com carinho,

Adriana Pontin

Teoria x Prática

proverbio

A sabedoria do Rei Salomão

Meditar na Palavra de Deus é a certeza de que temos uma fonte de conhecimento que exemplifica teoria e prática com tamanha clareza que não pode ser simplesmente dispensada. Precisamos atentar para os exemplos de vida de grandes homens e mulheres que nos é ofertado através da Bíblia Sagrada.

O rei Salomão por exemplo, foi o rei mais sábio de Israel. No livro de 1a Reis 3,12 observamos o que Deus diz sobre ele: “Eis que fiz segundo as tuas palavras; eis que te dei um coração tão sábio e entendido, que antes de ti igual não houve, e depois de ti igual não se levantará.”

Salomão administrou Israel muito bem e ficou muito rico. Investiu em obras públicas em várias cidades de Israel e desenvolveu o comércio internacional. Viveu em paz com países vizinhos. Ele estabeleceu alianças e tratados comerciais. Durante seu reinado, Israel viveu uma época de grande paz e prosperidade.

Mas, a desobediência entrou no coração de Salomão e sua história de vida não tem um final feliz. Mesmo com tanta sabedoria recebida diretamente do Pai, acabou se desviando da fonte da vida: Deus.

No livro de Provérbios temos ensinamentos deixados por Salomão para viver uma vida de acordo com o propósito de Deus: TEORIA. Mas, também podemos observar que teoria sem prática não tem efeito. Salomão é o melhor exemplo disso: PRÁTICA dos mandamentos de Deus deve ser uma constante em nossa vida para que cheguemos à perfeita realização dos planos do Pai.

Vamos refletir sobre o que estamos fazendo com a teoria que temos!

Que a graça de Deus esteja conosco em todo o tempo!

Com carinho,

Adriana Pontin