Startup Weekend pretende tirar do papel negócios inovadores

Evento realizado em 54 horas vai reunir empreendedores experientes com empreendedores em potencial para transformar ideias em novos negócios

ae3a5e6e-ee27-49fe-b581-ac7b3d57aa7f.jpg

Quem nunca se imaginou num negócio próprio com aquela ideia inovadora que ninguém teve antes? E aliando a ideia com uma base tecnológica, já pensou? Você estaria criando uma das badaladas “Startups”, bombando cada vez mais no mundo contemporâneo, em todas as áreas, em todos os lugares, para facilitar a vida do mundo todo.

Juntar empreendedores no mesmo lugar, para que os pensamentos borbulhantes saiam do campo das ideias – e do papel – é o objetivo do STARTUP WEEKEND, “o maior evento de empreendedorismo do  mundo, organizado de forma totalmente voluntária, de empreendedores, para empreendedores. O objetivo é fomentar ecossistemas de empreendedorismo e inovação”, descreve a organizadora Danhara Gomes, fundadora da Startup Skinny.bike.

O evento consiste num final de semana inteiro, onde são criados e validados novos negócios que carregam em sua essência a inovação tecnológica, ou seja, as STARTUPS. Serão 54 horas de pura troca de ideias, que envolvam esporte e saúde, e podem originar um novo empreendimento ou  formar uma equipe com outras pessoas, contando com ajuda de mentores experientes, para transformar tudo em realidade.

Os participantes vão ter estacionamento e dormitório amigável, no Iate Clube de Londrina, à beira do maior cartão postal da cidade, o Lago Igapó. Além do cenário maravilhoso, a estrutura do clube, com piscinas, sauna, parquinho, churrasqueiras e outros espaços de lazer, modalidades esportivas para sócios e não-sócios, como academia, basquete, natação, futsal e canoagem, estarão à disposição. Imperdível, hein?

SERVIÇO: STARTUP WEEKEND

DATA: 26, 27 e 28 de julho

LOCAL: IATE Clube de Londrina

INSCRIÇÕES:  http://bit.ly/swsportechehealthtech

Feijuca 2019: a organização de evento solidário com a equipe Excelência

Equipe de Adriana Pontin foi a responsável pela identidade visual, divulgação e assessorou no planejamento do evento, com sucesso de público no Buffet Planalto

FEIJUCA-Midias-1707.png

Aliar boa gastronomia, atrações para adultos e crianças, e a razão de ser da grande festa, que se repete há nove anos em Londrina: a ação solidária para arrecadar fundos e beneficiar um projeto que faz a diferença. A Feijuca APAE 2019, teria que ser planejada meses antes, para ser realizada no dia 07 de julho, no Buffet Planalto. Como o próprio nome sugere, um almoço com Feijoada Completa, regada à música ao vivo, leilão, brinquedos para as crianças e apresentações artísticas com alunos da APAE.

Cuidar de todos os detalhes de um evento já tradicional e com credibilidade seria um desafio recompensador. E assim, a Excelência Mkt & Eventos, entrou nessa linda história, mergulhando de forma solidária no projeto em que também acredita. Utilizando toda a experiência na organização e divulgação de eventos, a equipe começou do zero e entregou – de fato – uma festa memorável.

“Readequamos a logomarca do evento, criamos o convite, artes para divulgação, a camiseta, enfim, transformamos a identidade visual da Feijuca para que o público compartilhasse do nosso sentimento solidário e adquirisse os convites”. Adriana Pontin, diretora executiva da Excelência lembra de cada detalhe da festa, que exigiria também a divulgação. “As artes para as Redes Sociais também ficaram por nossa conta, além da divulgação do evento em si, com produção de conteúdo no Blog Adriana Pontin.”

Um planejamento minucioso do evento em si também foi pensado. “Assessoramos os coordenadores da APAE na elaboração do projeto, indicando fornecedores, criando o layout com o mapa das mesas no salão, revisamos todo cerimonial , e no dia, o resultado não poderia ser outro: pessoas satisfeitas de todos os lados”, completa Adriana.

A Feijuca reuniu 900 pessoas, e contou com 18 patrocinadores e apoiadores. Na apresentação musical “Os Beto”, com muito samba de raiz, a dança encantadora das crianças da APAE, além das atrações tradicionais.  “Todos os anos, esperamos muito essa festa que nos ajuda nos projetos e na continuidade da instituição, que conta com repasses governamentais para sobreviver”, explica o diretor Edson Zanin. “Este ano, o dinheiro será aplicado na readequação do sistema de segurança, exigido pelo Corpo de Bombeiros, na iluminação e manta térmica da quadra. Além de podermos investir no mobiliário do refeitório e na substituição de todo sistema elétrico”, comemora Edson.

Dia mundial do rock: mais que uma data, um ritmo que conquista gerações

Data foi instituída durante o lendário Live Aid, que reuniu bandas renomadas em 1985. Mas antes e depois, nomes icônicos do estilo musical se eternizaram 

AP ROCK.png

O Rock n’Roll já influenciou tanto as vidas, as trilhas e a história da música, que, gostando do ritmo ou não, impossível é não reconhecer quando os primeiros sons de guitarras ecoam em algum ambiente. É um som que tem  DNA próprio, que transpassa a linha do tempo, a barreira de gerações, e conquista gostos independentemente do nível de  exigência do ouvido. Aos que amam, não importa em que ano nasceram. O que importa é que ele – o rock – nunca fica velho.

Se a origem remete à década de 1940, numa mistura de blues, country e outros ritmos, nos anos 1950, um nome surgiu para nunca mais morrer: Elvis Presley seria um dos grandes ícones, porém não único, desse estilo musical que tanto encanta. Anos 60 chegaram e o estilo transgressor se estabeleceu. O quarteto de Liverpool ganhava o mundo para sempre, como a maior banda de todos os tempos. Claro que se trata de The Beatles, a quem até um jovem de 15 anos, apaixonado por música,  se rende em pleno 2019.

A trajetória do rock seguiu, outros nomes históricos vieram. Já a data,  13 de julho, nasceu como dia mundial do rock em outro momento lendário dessa trajetória. Era 1985, e um grande evento chamado Live Aid, foi um acontecimento. Um show simultâneo em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estados Unidos, reuniu artistas com objetivo de arrecadar fundos para combater a drástica pobreza e a fome na Etiópia. Led Zeppelin, Dire Straits,  Joan Baez, David Bowie, BB King, Rolling Stones, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins, Eric Clapton, Black Sabbath, entre outros, se revezavam no palco. O show foi transmitido ao vivo para diversos países. Na ocasião, o cantor e baterista Phil Collins propôs que o dia 13 de julho fosse lembrando como Dia Mundial do Rock.

Recentemente o show, único e lendário, o qual nunca mais se conseguiu repetir, foi reproduzido com fidelidade no filme Bohemian Rhapsody, que retrata a trajetória de  Freddie Mercury e consequentemente do Queen. Críticos de todos os cantos reconhecem que essa foi a melhor apresentação da banda. O longa reviveu com maestria momentos icônicos, do Queen, de Mercury, e do Live Aid, que se tornou também símbolo de um ritmo que ainda promete percorrer mais e mais gerações. Vivo e cheio de nomes que nunca vão deixar de existir,  de acordes marcantes, de estilo intenso que remete à própria dança da vida!

Um dia, muitas pizzas, ação do bem

Adriana Pontin aproveitou a data e realizou uma ação solidária com 20 crianças de um bairro carente de Londrina, que saborearam pizzas e aprenderam sobre profissões

AP JUL 002.png

Todo dia 10 de julho comemora-se o dia da pizza. Saborosa e até lúdica, bastou a data para inspirar Adriana Pontin, diretora executiva da Excelência Mkt & Eventos, a criar uma ação solidária. Foi em 2017. Um evento reunindo cerca de 20 crianças carentes de um projeto comunitário da igreja em que Adriana participa e empresas que abraçaram a causa foi a ideia inicial. “Sempre utilizei datas comemorativas para realizar ações estratégicas para empresas, por que não doar um dia especial para crianças que nunca teriam essa oportunidade?”, lembra ela.

O ponto de partida foi o bairro onde as crianças moravam, o Jardim Nossa Senhora da Paz, zona oeste de Londrina. Em um ônibus da KTS Turismo, parceira no evento, o trajeto já foi aprendizado. Dicas de como se tornar um guia turístico, e a primeira profissão com que a garotada teve contato nesse dia inesquecível.

O ponto de chegada, claro, uma Pizzaria! A Ravena abriu seu espaço não apenas para servir as deliciosas iguarias. A cozinha se transformou em sala de aula. Pequenas mãos aprenderam a fazer a massa e a montar as pizzas com recheios diversos. Pizzaiolos mirins e o contato com mais uma profissão.

Depois disso, forno! E quando tudo estava pronto, hora de aprender a ser garçom! A criançada serviu os pedaços e devorou tudo! Teve ainda sobremesa com Sorvetes Sávio e a volta no ônibus da KTS, com histórias divertidas no percurso até em casa.

E foi só o Dia da Pizza? “Foi dia de responsabilidade social, que não deixam de fazer o marketing também. Dia de empresas e pessoas que uniram esforços para fazer o bem, sem esperar nada em troca.” Embora recebessem… Vinte sorrisos largos, olhares de encanto e um dia feliz para ficar na memória!

Festival de Música de Londrina abre amanhã rumo aos 40 anos

39ª edição do FML terá dezesseis dias de formação para músicos e apresentações culturais, de artistas de Londrina, do Brasil e outras partes do mundo

AP JUL001.png

Se tem algo que combina com o inverno londrinense, pode-se dizer que é o Festival de Música de Londrina. Há quase quatro décadas, vem espalhando sons de diversos instrumentos e vozes para os quatro cantos da cidade, e até para além do limite do município.  Firmou-se, ao longo do tempo, como um dos eventos mais importantes da agenda cultural do país e se tornou internacional.

A 39ª edição abre neste dia 10 e prossegue até 25 de Julho de 2019. Na programação pedagógica, 57 cursos e oficinas, com mais de 600 alunos inscritos, com aulas sobre regência, instrumentos, música popular, voz, estruturação musical e práticas para crianças. “Essa parte do Festival conta com propostas inovadoras, cumprindo a missão de proporcionar a todo e qualquer cidadão a oportunidade de participar do evento independente de seu nível”, salienta Magali Kleber, diretora pedagógica do FIML.

Na programação artística, alto nível de apresentações. Para divulgar a abertura do Festival, recital de piano, com Nelson Freire, reconhecido internacionalmente, com um memorável programa romântico hoje, no Teatro Ouro Verde. E até o final da edição, dezenas de espetáculos, que levam um público direto de 30 mil pessoas de todas as idades e classes sociais a ter contato com música de qualidade. 

O Festival vai contar também com a MOSTRA NACIONAL E LONDRINA, com a participação de renomados professores, instrumentistas e grupos reconhecidos no Brasil, trazendo aos espectadores locais o que se produz país afora.  Também está programado, em parceria com o curso de Música da Universidade Estadual de Londrina (UEL), o 5º ENCOM – Encontro Nacional de Composição Musical, convidando pesquisadores, estudantes e profissionais da área, de 10 a 12 de Julho.

Não só nos teatros, utilizará também espaços abertos, como o Zerão, com apresentações gratuitas,  e ultrapassará delimitações geográficas, já que o evento londrinense chega a Apucarana para levar sons de qualidade. Pretende criar, como todos os anos, uma linguagem de entendimento universal, de quem ama música e compartilha da célebre frase  do escritor inglês Aldous HuxleyDepois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música.”

SERVIÇO: 39º FESTIVAL DE MÚSICA DE LONDRINA

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: www.fml.com.br